Filme: Divergente

Olá!

Já contei aqui sobre o livro Divergente, e hoje venho contar um pouco da minha opinião com a adaptação da história pra filme.

Quando escrevi sobre o livro, não estava ainda tão envolvida, mas confesso, que depois de assistir o filme, fiquei popotizada (leia-se hipnotizada) com a saga. Não esperava grande coisa da adaptação, e sinceramente me surpreendi muito. Posso dizer que adorei o filme – que é até recente, lançado ano passado por aqui – e por isso comecei a gostar ainda mais dos livros (estou no finalzinho do último 😦 ). Ok, me julguem! haha

Sim, é uma coisa meio aventura romântica adolescente (que até lembra Crepúsculo e Jogos Vorazes), mas que eu gosto, fazer o que!? Rsrs

Beatrice Prior, interpretada por Shailene Woodley (sim, a mesma atriz de A culpa é das estrelas), vive em uma Chicago futurista onde a população está dividida entre facções, e ela nasceu na Abnegação, uma facção dedicada a ajudar os pobres e ser totalmente altruísta, sem desejo, sonho, ou vaidade alguma.

068210.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Quando completa 16 anos, deixa a Abnegação, sua facção de origem, entra para Audácia, e adota o nome de Tris. No novo ambiente, a jovem enfrenta seus medos em busca da sua verdadeira personalidade, e em meio ao seu dilema interior, vive também conflitos físicos com outras facções. Logo ao entrar na Audácia, conhece Quatro (Theo James), instrutor rígido, mas que futuramente torna-se seu companheiro de guerra e de vida.

DIVERGENT

Tris tem uma personalidade diferente dos demais que não se encaixa em nenhuma das facções, por isso é chamada de divergente, e considerada uma ameaça pelo governo, devendo-se manter escondida para sobreviver.

Depois de algumas descobertas, casal tenta salvar a população das maldades de Jeanine Matthews (Kate Winslet), líder autoritária de uma das facções, que com a tecnologia em seu poder, pretende manipular e destruir as outras lideranças e os divergentes e comandar toda Chicago.

DIVERGENT

A parte romântica não chega a ser melosa, na verdade até tem poucas cenas do casal. Mesmo no livro, a relação dos dois é bem natural, mostrando seus altos e baixos na medida certa, sem falar, que o ponto central da história nas telinhas é a ação.THEO JAMES and SHAILENE WOODLEY star in DIVERGENT

Tiros, mortes e conflitos embalam o tempo inteiro as quase duas horas e meia de filme. Sim, é longo, e esse foi um dos poucos filmes que me prendeu tanto a ponto de evitar sair da frente da tv, por isso subiu um degrau a mais no meu conceito.

?????????

Me surpreendi com a atuação de Shailene e Theo como protagonistas, parecem ter nascidos para o papel. Representaram muito bem os personagens e gente esse Theo é uma gracinha, cada vez que ele fala é de se derreter kkk.

img-1022573-divergente

Sem falar nos cenários e efeitos, tudo realmente bem apresentado no filme. Acho que mesmo para quem não tenha lido a obra, fica bastante claro. Tem algumas poucas mudanças com relação ao livro, como em quase toda adaptação, mas nada que tenha me desagradado.

Para os que pretendem assistir, corram, porque o segundo filme, Insurgente, será lançado dia 19 março no Brasil *-* uebaa!!! E Convergente, o último filme, será dividido em duas partes, que devem ser  lançadas respectivamente em 2016 e 2017.

E aí, gostaram? Qual sua opinião?

Bjus, Iara!

2 comentários sobre “Filme: Divergente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s