Fime: La La Land – Cantando Estações

Vim do cinema pra casa pensando em como escrever. Estou num estado de animação pós-filme que preciso tomar cuidado para não dar spoiler. Mas vamos lá!

1Sheet_Master.qxd

Quem acompanha o blog sabe que tenho um pequeno tombo por Ryan Gosling, portanto não poderia deixar de assistir (as cenas em que ele toca piano são lindas). Quando soube do filme achei que seria como outro romance qualquer, mas então a medida que foram saindo algumas notícias na mídia sobre as gravações, os trailers, depois seu favoritismo no Globo de Ouro e agora com 14 indicações ao Oscar, realmente me surpreenderam e não podia perder.

Se pudesse resumir em quatro palavras seria: musical, artístico, romântico e sonhador.
Claro que só assistindo mesmo para entender, mas já adianto que sim é totalmente musical, portando se você não curte esse estilo, ou pelo menos não é aberto a entendê-lo, não vai gostar. E já vai descobrir isso nos primeiros 10 minutos de filme.
008cbe80-c243-11e6-85ca-af9aaf7b4630_ryan-gosling-la-la-land-jpg-cf
O longa conta a história de Sebastian (Ryan Gosling) um pianista amante de jazz, e Mia (Emma Stone) uma aspirante a atriz que trabalha em uma cafeteria dentro de um estúdio de filmagem. Ambos estão iniciando a busca por seus sonhos em Los Angeles quando se apaixonam e juntos tentam fazer o relacionamento dar certo em meio as oportunidades que surgem em suas carreiras.

Sebastian tem uma personalidade muito peculiar, demonstrando sempre otimismo com relação aos objetivos e sonhos que pretende realizar, mas no fundo acaba se frustrando pois acredita num gênero musical aparentemente em decadência. Enquanto Mia só leva não nos testes que faz para conseguir algum papel, se colocando cada vez mais pra baixo, mas é delicadamente encantadora.
525010-jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
Cada etapa da história acontece numa estação do ano. O filme não tem nenhum grande ápice, a história toda é um romance um tanto clichê mas ao mesmo tempo interessante. A música é extremamente presente, e há muita imaginação também. Muitas cenas dão ar de nostalgia, de tempos antigos, ao mesmo tempo que existem carros, celulares e laptops dos tempos atuais. As cores também chamam bastante atenção, em todos os cenários muita luz e vibração.
Ryan e Emma tem uma sintonia muito boa em cena, e um personagem completa o outro. O desfecho final é emocionante e realista. Causa um misto de tristeza e felicidade, e posso dizer que uma lição que o filme dá é: não desista de seus sonhos, persista.
582003-jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
Acredito que os prêmios já conquistados (7 Globos de Ouro uau!) e as indicações ao Oscar por esta obra, devem-se ao fato de que é um belo filme. Não tem nenhum grande efeito especial de Hollywood, não tem nenhuma história melodramática (mas tem uma participação de John Legend rsrs), é um filme musical que lembra os velhos tempos de uma maneira muito suave e gostosa.
336408-jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
Entendo que existe uma parte do público que assiste por curiosidade, por causa das indicações, por causa do que a mídia diz, dos atores que são conhecidos por filmes legais, e acabam se decepcionando. Mas para assistir é preciso se deixar contagiar. E sim no início você pode pensar que é um High School Musical, mas definitivamente não é. Eu adorei!
Ainda está em cartaz nos cinemas. Assistam! O filme foi indicado a 14 categorias do Oscar, se igualando historicamente ao Titanic e A Malvada. Aguardamos a premiação que acontece em 26 de fevereiro.
E você que já assistiu, comente! Gostou? Conte o que achou desse filme.
Bjus!

Links bacaninhas

Para inspirar esse início de ano, alguns links para começar bem.

  • Me identifiquei muito nesse post com 24 ensinamentos que 2016 me deuApesar de não ser de minha autoria, bateu muito com alguns momentos do meu ano, principalmente o 11. Estou vivendo e aprendendo.
  • Estou amando Shawn Mendes e provavelmente vocês o verão aqui outras vezes. É um novinho fofinho que está fazendo o maior sucesso e você já deve ter ouvido. Essa é uma das músicas que ouço no fone no último volume e cantando (coitados dos meus vizinhos rsrs).
  • Confesso que sou meio estranha e super adorei o Dicionário das tristezas obscuras, que é um dicionário de palavras novas, palavras inventadas para sentimentos que não temos palavras pra explicar. Por exemplo: 10. Ellipsism: Uma tristeza por não ser capaz de saber como a história vai terminar.
  • Para você que curte coisas fofas, siga o Cute Emergency no Twitter e você verá os catioros mais legais e fofineos do planeta. Uma dica: acesse no café da manhã pra animar o dia.

c2gpbw2vqaaqzwo

  • A crônica de um grande erro narra a breve história de Tia Chinwe, contada por uma sobrinha muito esperta. Esse texto é um pouco extenso e também é tenso (vejam só que bela rima), mas fala muito bem sobre se transformar na pessoa que os outros querem que você seja. Sobretudo a mulher ser como a sociedade quer que seja, e não como você sente ser. Fala sobre nos moldarmos para agradar o mundo, sobre o problema que é a sociedade nesse sentido. Reflitam.

Bjus!

Moda: Greenery

Depois do Rose Quartz (que aliás comprei algumas peças nesse tom esses dias), a cor do ano escolhida pela Pantone para 2017 é o Greenery. Segundo a fornecedora profissional de padrão de cores, o tom de verde fresco lembra a natureza e o ar livre, remete ao início da primavera e a restauração e renovação. A cor é basicamente um verde musgo com um tom de amarelo, e promete ganhar os looks do próximo ano.

img-greenery

A cor que lembra uma tonalidade de suco verde, já surgiu nas passarelas dos principais estilistas como Emilio Pucci, Michael Kors e Balenciaga, e pode ganhar ainda mais espaço no mundo da moda com as coleções que chegam as lojas em março.

greenery

E aí gostaram da cor? Vão aderir a moda para o verão?

Bjus!

Filme: O Regresso

Talvez seja um pouco tarde, mas só agora pude assistir (porque está disponível no Telecine, corre pra ver). Me arrependo de não ter conseguido assistir esse filme no cinema. Fiquei adiando por conta de outros compromissos e quando vi já não estava mais em cartaz. Esperava muito ver a atuação do queridinho Di Caprio, que já tinha ganho tantos elogios. Então senta que lá vem a história.

o-regresso-poster

Dirigido por Alejandro González Iñárritu, o longa inspirado em uma história real, já publicada no livro homônimo de Michael Punke, antes mesmo de ser lançado já criava grande expectativa principalmente para os amantes de cinema. E não desapontou, afinal foi indicado em 12 categorias do Oscar e venceu três.

O drama conta a história de Hugh Glass (Leonardo Di Caprio) um comerciante de peles e explorador que durante uma de suas expedições é atacado por um urso e fica entre a vida e a morte. Depois de ser abandonado e roubado por seu até então amigo John Frizgerald (Tom Hardy), ele sobrevive e passa a viver de forma selvagem durante todo o inverno enquanto tenta encontrar seu grupo ou se vingar de Frizgerald.

dicaprio

Desculpem as palavras, mas minha primeira consideração é que o cara (leia-se o Di Caprio) só se fode o filme inteiro kkk. Veja bem não é uma reclamação, é um filme de angústia, desespero, realmente sofrido. Você só consegue notar as coisas boas nos pequenos detalhes, como quando ele e um colega índio se divertem comendo flocos de neve. É uma cena singela e linda ao mesmo tempo.

the-revenant-o-regresso-porque-tem-leonardo-di-caprio-e-historia-boa-html

Posso estar enganada, mas é o tipo de filme que vai agradar mais quem curte a parte artística do cinema, pra quem nota em cada detalhe da obra. Até porque o filme é bem longo, tem poucos diálogos, as cenas do Di Caprio mesmo ele praticamente não fala (só sofre coitado kkk).

bastidores-o-regresso1

Chama atenção a beleza da coisa toda. A começar pela fotografia que merecidamente ganhou o Oscar. São paisagens espetaculares, azuladas, acinzentadas que demonstram todo o drama ao redor do personagem, o inverno severo parecia que estava dentro da minha casa (lembrando que as cenas são com luz natural). Fora isso, as dores de Glass tanto físicas quanto emocionais são tão fortes que é possível senti-las do lado de fora da tela. O sentimento de fúria, de vingança pelo amigo traidor, o amor pelo filho, tudo isso é muito real.

regresso

Fora o grande sucesso do protagonista, vale destacar também o papel de Tom Hardy, que desperta no telespectador a mesma raiva de Glass. Fiquei torcendo pra que também chegasse o momento dele sofrer depois de tamanha traição. As atuações foram impecáveis. A história somente não tem nada de muito especial, mas todo o resto do filme tem, desde imagem, atuação, fotografia, trilha sonora, etc.

o-o-regresso-facebook

É um filme cheio de tensão e ao mesmo tempo silencioso, porque a trilha sonora se encaixa perfeitamente nas cenas sem fala. Li muita gente comparando com o filme Dança dos Lobos, nunca assisti portanto não posso dizer, mas O Regresso é um belo filme sim. Vale todos os prêmios para o qual foi indicado. Vale a pena sofrer com Di Caprio.

E vocês já assistiram? Recomendam?

Bjos!

Links bacaninhas

Olá!

Hoje o post é um pouquinho diferente. Vou compartilhar aqui alguns links que vi nos últimos dias, com reflexões, vídeos, dicas, ou tudo que achar interessante. Para aquele momento ócio do dia, ou para qualquer momento.

  • A incapacidade de parar é uma forma de depressão é um texto que fala de outro texto (deu pra entender?) do qual me identifiquei muito. Nando Pereira cita sobre o texto Os domingos precisam de feriados de Nilton Bonder, em que ele exprime o que eu também penso sobre a humanidade na atualidade, dessa nossa geração ansiedade. Vale a pena ler e tentar se ajustar se for preciso.

sub-buzz-13749-1474404552-12

  • Amo cachorros e esse post do BuzzFeed é fofo demais. Como esses fofíneos acima, o post mostra 23 cachorros que vão te deixar mais feliz (e sim eles me deixaram feliz). Como felicidade nunca é demais, compartilho com vocês então 😀
  • Depois de dois anos casada, devo admitir que Relacionamento não é fácil mesmo e nessa reflexão delicada, a Gabriela do blog Teoria Criativa resume um pouquinho do quanto temos que nos doar, de como dividir a vida com outra pessoa é um eterno exercício de paciência, tolerância e amor (e se por acaso for um grande sacrifício, caia fora).como-fazer-pipoca-doce-2b
  • Quem não gosta de pipoca? Nesse post o blog Coisas de Diva (do qual sou muito fã) ensina Como fazer 8 tipos de pipoca doce de um jeito super fácil pra você saborear curtindo um filminho.
  • Esse canal no Youtube ensina receitas práticas e fáceis de poucas porções, bom pra quem mora sozinho ou convive a dois. O Rango pra um é feito pela Sabrina (uma das meninas do Coisas de Diva) em parceria com Marcelo, um amigo dela, e tem vídeos novos toda quinta às 11h. Então já sabe quando estiver sem ideia do que cozinhar, acessa o canal.

Por hoje é só pessoal. Bjus!

Testei: Perfect face primer facial Eudora

Oie! Olha só quem resolveu aparecer por aqui? ehehe

Estou meio afastada do blog porque a vida está um pouco corrida, pra ter ideia eu to devendo este post pra Iára faz uns 5 meses (vergonha de mim mesma), mas antes tarde do que nunca, não é mesmo?!

E por falar nela, vocês já estão sabendo que agora ela é a feliz revendedora da Eudora, logo eu virei uma feliz consumidora Eudora 😀

O que mais compro são os batons, que desde já eu super recomendo! Além das cores lindas a durabilidade deles é fora de série. Mas um dos primeiros produtos que comprei foi o primer facial, eu sempre tive curiosidade sobre esse produtinho que (independente da marca) promete milagres na maquiagem e faz!

primer

O que a marca promete:

O Primer Facial Perfect Face da Eudora, prepara a pele para receber a base, deixando-a mais uniforme e disfarçando as imperfeições mais leves. Sua textura é leve e a aplicação tem rápida absorção. O resultado é uma pele iluminada e homogênea, sem poros dilatados ou brilho oleoso.

img_0174

Minhas impressões:

Realmente o produto cumpre o que a marca promete. Ok, que eu não conheço muito bem primer de outras marcas, mas pra essas makes caseiras eu achei ele muito bom!

Na foto sem make não dá pra perceber muito (e eu não tenho nenhuma foto descente com a make pra postar 😦 ), mas depois com tudo finalizado o resultado é aparente, sem contar que ele fixa a maquiagem fazendo com que ela dure muito mais tempo.

O pincel é integrado ao tubo, o que ajuda na aplicação, na hora dá a impressão de que está ficando tudo oleoso, mas creio que isso é devido ao material de que é feita a cerda do pincel porque se você passar o dedo verá que não é óleo.

No começo tive um pouco de dificuldade na dosagem porque não tem como ver quanto de produto está saindo, o furinho fica no meio das cerdas do pincel e isso dificulta um pouco, mas depois a gente pega o jeito, rsrs.

No geral eu gostei, o meu já está acabando e eu pretendo comprar outro logo (com minha representante style Iára, claro), recomendo bastante a marca que está me surpreendendo.

E vocês conhecem primers de outras marcas? Estou pesquisando maquiagens que não contenham níquel,  se alguém conhecer, conta pra gente!

Beijão e até a próxima :*

Mensagem: Pai, começa o começo

Quando era criança e pegava uma tangerina para descascar, corria para meu pai e pedia: “Pai, começa o começo!”. O que eu queria era que ele fizesse o primeiro rasgo na casca, o mais difícil e resistente para as minhas pequenas mãos. Depois, sorridente, ele sempre acabava descascando toda a fruta para mim. Mas, outras vezes, eu mesmo tirava o restante da casca a partir daquele primeiro rasgo providencial que ele havia feito. 

Meu pai morreu há muito tempo e não sou mais criança. Mesmo assim, sinto grande desejo de tê-lo ainda ao meu lado para, pelo menos, “começar o começo” de tantas cascas duras que encontro pelo caminho. Hoje, minhas “tangerinas” são outras. Preciso “descascar” as dificuldades do trabalho, os obstáculos dos relacionamentos com amigos, os problemas no núcleo familiar. 

tangerina

O esforço diário que é a construção do casamento, os retoques e pinceladas de sabedoria na imensa arte de viabilizar filhos realizados e felizes. O enfrentamento sempre tão difícil de doenças, perdas, traumas, separações, mortes, dificuldades financeiras e, até mesmo, as dúvidas e conflitos que nos afligem diante de decisões e desafios. Em certas ocasiões, minhas “tangerinas” transformam-se em abacaxis.

Lembro-me, então, que a segurança de ser atendido pelo meu pai quando lhe pedia para “começar o começo”, era o que me dava a certeza de que conseguiria chegar até ao último pedacinho da casca e saborear a fruta. Além da atenção e carinho que eu recebia, ele também me ensinou a pedir ajuda a Deus, Pai do céu. Meu pai terreno me ensinou que Deus é eterno, que está sempre ao nosso lado e que Seu amor é a garantia das nossas vitórias.

bike

A sensibilidade de enxergar as dificuldades dos filhos e oferecer o apoio necessário, no momento certo, é essencial. Tem o poder de curar feridas e se transforma em bálsamo para a dor. Devemos saber o quanto é importante dizer ao filho: Se você tem medo, venha aqui. Se você cair, falhar, estarei ao seu lado. Amo você. Devemos saber valorizar toda atitude positiva. 

O abraço e o beijo fazem a criança se sentir querida e consolidam a segurança e o amor. Demonstrarmos a confiança de que somos constantemente amparados por Deus oferece aos filhos um caminho para a construção da fé. Todo o carinho e afeto demonstrados pelos pais aos filhos, durante a infância, se transformarão em direcionamento seguro e formarão base sólida para o enfrentamento das dificuldades na vida adulta.

Quando a vida parecer muito difícil, como a casca de uma tangerina para as mãos frágeis de uma criança, lembremo-nos de suplicar o auxílio Divino. Ele vai indicar o caminho e não só começará o começo, mas pode ser que, em algumas ocasiões, resolva toda a situação.

Não sabemos o tipo de dificuldade que encontraremos na nossa caminhada, mas amparemo-nos no amor eterno de Deus para pedir, sempre que for preciso: Pai, começa o começo!

 

Mensagem inspirada na Redação do Momento Espírita com base no texto Pai, começa o começo de autor desconhecido.